12 de ago. de 2020

Salmos 18:2...📖


O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus é o meu rochedo, em quem me refugio. Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta. Salmos 18:2

Este salmo de Davi é um verdadeiro brado ao Senhor. Um homem que obteve tantas vitórias e conquistas em nenhum momento hesitou em dizer em alta voz que Deus era o seu rochedo! Vemos na vida de Davi um amor profundo por Deus e a submissão de um servo de Deus.

Dizer onde se refugiava e a quem recorria não tornava o rei inferior ou desprotegido, pelo contrário, confessar que Deus era a sua segurança o fortalecia ainda mais! A cada momento que Davi proclamava o nome do Senhor e dizia em alta voz quem era a sua rocha, Deus derramava ainda mais o seu favor.
Deus abençoa aquele que reconhece a sua provisão. Este princípio praticado por Davi movia o coração de Deus e nos deixa um grande ensinamento: adorar o Senhor com todas as forças, com atos e palavras.
Que a nossa boca possa adorar ao Senhor e jubilar pelo seu amor por nós! 

Quanto mais amamos a Deus, mais somos amados por Ele, seu poder protetor nos livra de todo o mal. Deus é o nosso refúgio e fortaleza, sua palavra nos dá ainda mais conforto e segurança em nossos corações. Que esta segurança esteja clara nos nossos corações. Não temas, Deus é contigo!

Deus é nossa rocha!
  • Medite no Salmo 18, veja quão poderosas foram as palavras proclamadas por Davi.
  • Faça um momento de oração louvando a Deus por sua grandeza e força. Fale da sua segurança nele.
  • Oremos: Senhor! Tu és o meu escudo, sou totalmente protegido por Ti! Tens dado livramento e proteção, até de coisas que vão além do meu conhecimento. Teu poder é soberano e não há nada e nem ninguém que pode se levantar contra Ti! Por isso eu te louvo e adoro, meu Deus! Amém!
Qualquer dúvida, entre em contato conosco:
►Por: Pr.DevittoVoltar à página principalComo fazer um Devocional? Faça uma pergunta WhatsApp
►Fontes: ► Devocional Diário Bíbliaon https://devocionaldehoje.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário