Tiago 3:8-10...📖


A lĂ­ngua, porĂ©m, ninguĂ©m consegue domar. É um mal incontrolĂĄvel, cheio de veneno mortĂ­fero. Com a lĂ­ngua bendizemos o Senhor e Pai e com ela amaldiçoamos os homens, feitos Ă  semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bĂȘnção e maldição. Meus irmĂŁos, nĂŁo pode ser assim! Tiago 3:8-10

Ficamos muito tristes quando alguĂ©m, um conhecido ou familiar por exemplo, fala mal contra nĂłs... NĂŁo Ă© mesmo? É horrĂ­vel ser vĂ­tima de fofoca, principalmente de alguĂ©m prĂłximo. Mas, e quando somos nĂłs a fazĂȘ-lo? AĂ­, buscamos alguma justificativa... Mas lĂĄ no Ă­ntimo vocĂȘ e eu sabemos que nĂłs tambĂ©m falamos (e pensamos) mal dos outros.

Para algumas pessoas isso jå se tornou num håbito terrível, e quando dão por si, estão maldizendo alguém. Além disso, é um mal pouco notåvel que passa a corroer relacionamentos e amizades, chegando a destruir muitos deles. Tudo isso por causa da nossa língua tão cheia de veneno malicioso! Precisamos que Deus nos controle e ajude a pÎr de lado essa pråtica tão ruim, corrigindo urgentemente esse mal em nós.

UTILIZE ANTÍDOTO E REMÉDIO CONTRA O VENENO:
  • Ore a Deus e peça perdĂŁo se vocĂȘ tem a mania de falar mal dos outros.
  • Considere o quanto a BĂ­blia desaprova esse mau costume e decida (com a ajuda de Jesus) nĂŁo maldizer mais ninguĂ©m.
  • Em vez de constatar (e repassar) algo de ruim que alguĂ©m fez, ORE pela pessoa.
  • Caso tenha que advertir alguĂ©m, procure falar diretamente com a pessoa e nĂŁo a terceiros, que nada poderĂŁo contribuir para a situação.
  • Evite grupos ou pessoas que costumam falar mal dos outros. NĂŁo lhes dĂȘ ouvidos. NĂŁo seja influenciado pelo mal mas tente incentivar com a atitude correta.
  • Busque desenvolver o domĂ­nio prĂłprio, bondade e mansidĂŁo que sĂŁo fruto do EspĂ­rito Santo.
  • Leia a BĂ­blia. Em diversas passagens vocĂȘ descobrirĂĄ como viver de modo agradĂĄvel a Deus.
Oremos: Senhor Deus, perdoa quando falo mal de outras pessoas. Eu sei que não tenho esse direito. E fico triste quando fazem o mesmo comigo. Ensina-me a bendizer e não maldizer; a edificar e não destruir; a sarar e não envenenar ninguém. Que eu possa orar pelos outros e por seus problemas em vez de criticar e condenar. Ajuda-me e controla a minha boca e não dar ouvidos à fofoca, em nome de Jesus. Amém!

ComentĂĄrios